sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

2112

Oi leitores do blog do Henrique! Tudo bem? Aqui quem vos escreve é a Niara/Valentine (meu link aqui nem está atualizado), a namorada do Henrique do blog Dona dos Biscoitos, que em memória desse pobre e abandonado blog, vim aqui vos dar um recado, mas não vou ficar por muito tempo, porque minha sinusite ataca e aqui está TÃÃÃÃO cheio de poeira, mas TÃÃÃO cheio de poeira, que eu não sei como fui soterrada/engolida/etc/etc.

O Henrique é muito fã da banda Rush. Muito mesmo. E ele sempre quis escrever um post no blog dele, nessa data em homenagem a música 2112, da mesma banda. Eu nunca escutei ela inteira não, mas pelo que ele me contou, a música tem uma história bem legal. Eu juro que eu ainda vou ouvir a música mas por enquanto... Mas isso não vem ao caso.

Mas, o que interessa é o seguinte: Henrique está numa grande falta de criatividade :). Ele não sabe o que escrever, e queria escrever um post nesse dia, em homenagem a essa música.
E eu acho que já que hoje é 21/12/12, que é o dia que diziam ser o fim do mundo, mesmo o mundo não tendo acabado ainda, eu acho que é uma data mais do que especial para escrever sobre essa música, porque além de tudo, tem um 12 bonus!!

Enfim. Eu não vou escrever sobre a música, sobre a banda, sobre o que significa, etc, etc. Mas vou deixar esse post aqui reservado para o Henrique poder editar quando quiser, se quiser, se editar.

Minha parte eu já fiz  o w o.

Abraço.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Retrospectiva 2011

Val: YO! Leitores imaginários que ainda tem as caras de visitar esses blogs! Assim como prometido (pelo menos no meu blog, porquê o blog do Henrique tem até uma vaquinha pastando tranquila, na imensidão desértica de lá) esta é a retrospectiva 2011 que teoricamente, Henrique e eu escrevemos todo o ano, apesar de só termos feito uma até agora.

Henrique: Mas mesmo que tenha todo ano, um dia tem a primeira... Pois bem, esse ano foi um ano bem legal e panz, mas o que aconteceu que realmente foi relevante? A morte do Bin-Laden-barbudo-arabe-campeao-mundial-de-esconde-esconde e que tocou o terror em muita gente? O Curíntia ter ganho o campeonato brasileiro? O álbum novo do Dream Theater? Isso aqui?


Val: Uma vez o Henrique comentou comigo que o Bin Laden podia ter muito bem ter rapado a barba e estar escondido em qualquer lugar por aí. Mas, em minha opinião, cortar a barba desses homens seria a mesma coisa que cortar o... Bem, deixa para lá. Vale ressaltar que nesse ano também ocorreram muitos desastres naturais. Não que nos anos anteriores não tenham ocorrido desastres, mas esse ano, eles foram os mais noticiados de todos os tempos. Como aquele terremoto/tsunami no Japão: Foi o desastre natural mais filmado da história.


Henrique: Mas se eu fosse o Bin Laden eu teria eito exatamente isso (cortado a barba, porque outras coisas, pra um cara que tem 666 esposas seria suicídio). Quanto aos desastres naturais, bem, uma hora a Terra tinha que mostrar quem manda... E esse ano temos um desastre natural especial ocupando o cargo de nossa presidente. Ops. Presidenta. Tá que eu até gosto dela, mas cá entre nós, num pais internacionalmente conhecido pela beleza de suas mulheres, nossa líder tinha que ser logo essa trombada de carretas?

Val: Bem, falando em presidente/presidenta, o Lula acabou pegando câncer. Fiquei com dó dele. Mas ele já está bem, que é o melhor. Falando em coisas do Brasil, esse ano a música (se é que posso chamar isso de música) chegou a patamares jamais imaginados pelos meus pobres ouvidos indefesos depois de Restart. Parece que depois do sucesso estrondoso do “Vitinho Sou Foda” todos os funks se aderiram nesse ritmo. Aí depois, os sertanejos se adaptaram a esses funks. E depois... Eu nem sei o que vai aparecer.


Henrique: É véi, esses funknejo são de matar qualquer um. Mas a gente nem falou das coisas boas do ano, que foram...


Val: ... Er... Bem... Rock in Rio? Ou seria Axé in Rio? Ou Indie in Rio? Ou Pop in Rio? Porque foi mais isso tudo do que Rock...

Henrique: Ah, não fui em nenhum mesmo. Esse ano só fui no Eluveitie. Tava FODA. Mas o Rock in Rio, bem, dizem que todas as edições tem shows de outros estilos. Mas que o show do Metallica foi massa, isso foi. Dificil mesmo foi ter que ver Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Quêite Pérri e outras garotinhas subirem no mesmo palco deles. O que me decepcionou mesmo foi o Angra. O tio Falaschi não cantou nada...



Val: Mas bem, o Between the Buried and Me lançou seu albunzinho de 3 músicas esse ano. Gostei bastante da Specular Reflection Mas, eu acho que poderiam ter sido mais músicas... Espero só que eles lançem um album em breve... Mas, fora isso, não tivemos grandes acontecimentos no mundo da música, exceto a morte da Tia Winehouse...

Henrique: Ah, pra mim que sou prog metal até na medula ver no mesmo ano um álbum novo do DT e do BTBAM foi ótimo. mesmo com aquela novela com o Portnoy, achei que não tinha um cara melhor pra ocupar o lugar dele, afinal ele é ninguém menos que o baterista mais rapido do mundo. E o álbum do BTBAM pode ter sido curtinho, mas foi a melhor meia hora musical do ano. Pra quem gosta do estilo, eles foram perfeitos.

Val: Não sei o que raios o Marco viu no album do DT que ele num gostou. Acho que ele tava era fazendo cu doce pro Mangini... Mas isso não vem ao caso. Agora, Henrique, falando um pouquinho da nossa vida pessoal... O que praticamente nós fizemos o ano todo? Já tem essa resposta na ponta da língua, né...

Henrique: Reprodução. Não danadinhos, não é o que estão pensando. é que a gente tá trabalhando numa empresa do ramo das copiadoras, multifuncionais, ploters, scanners e coisas do tipo. Lá é legal, e até que aprendemos um bocado de coisas. E no fim das conntas o que mais fiz nesse ano foi trabalhar com isso. Mas fora do emprego também tive experiências bacanas. Finalmente consegui fazer algo de útil e fui aprovado pra ganhar uma bolsa na faculdade de engenharia. O problema foi que acabei descobrindo que não é isso que eu quero e saí. Fiz alguns shows bacanas, fiz amigos, me diverti muito. Tive momentos bons do lado de muitas pessoas, mas também alguns momentos difíceis. Teve a viagem pra praia também, que foi muito legal...


Val: Ah é. Nossa viagem pra praia foi maravilinda! Eu queria poder ir de novo. Mas, vocês sabem... Dinheiro curto é osso! Mas, no trabalho, eu também aprendi muita coisa. Muita coisa mesmo. Até lidar com uma pessoa realmente muito difícil de lidar. Mas, eu não odeio essa pessoa. Ela me deu uma chance muito boa! Tenho é que agradecer. Bem, fora do trabalho eu também tive muitas experiências que foram ótimas, mas eu prefiro não comentar, pela idade de quem pode estar lendo esse post. Mas isso, não vem ao caso (é, é a terceira vez que falo isso...) Fiz muitos amigos também, e mudei demais! Passei de gótica metaleira fro hell 666 1212, pra uma coisa fofinha, bunitinha que gosta de brinquedos e Adventure Time.

Henrique: Ah, Adventure time é até legalzinho... Bom, 2011 acabando, 2012 chegando. Vamos agora para os Melhores (e piores) do ano!!! looooool

Eu começo: O premio de banda mais criativa do ano vai para... THE GAG QUARTET (Sem palavras, mandaram muito bem)



Val: E pro vídeo mais bizarro do ano vai para: MULHER FRUTA PÃO. (Não vejam se vocês tem estomago fraco...)


Henrique: E indico para o prêmio Papai Filho da P* do ano, esse cara.

Val: E o premio música mais grudenta, VAI PARA. *thananananan*: AI SE EU TE PEGO.


Henrique: E com uma menção Honrosa para a garota do “Quando eu te vi fechar a porta...

Enfim, 2011 foi um ano de muitas alegrias e coisas boas. Claro que houveram os momentos difíceis. Nós rimos muito, mas também choramos, e no mais temos só a agradecer por mais um ano que se passou e esperar que 2012 seja um ano melhor para todo mundo, e é claro, esperar que os maias estivessem errados. Porque se o mundo acabar esse ano eu vou ficar MUITO p*. Gostaria de dizer também de uma vez que nesse ano não vou abandonar completamente meu blog igual em 2011. Podem voltar a acessar! lol
Alguma consideração final, Val?


Val: Bem, se o mundo não acabar, bem. Se acabar... VEMK, MAIAS QUE EU VOU DAR UMAS PALMADAS EM VOCÊS. Mas bem, vamos ver se o Henrique cumpre a promessa dele de nun largar o blog. Bem, a todos vocês um feliz ano novo, cheio de paz, saúde, alegria e que Deus esteja na vida de vocês. Beijos, queijos, abraços e apernas!

Henrique: *sorri e acena*


Também postado no blog da Niara/Murtaugh/Valentine.
Imagens tiradas do Tumblr.
Essa postagem pode ter demorado a carregar (:

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Koishiteru


E eu só tenho a agradecer por você ter escolhido percorrer a sua comigo, por ter decidido fazer parte da minha vida e se tornar uma parte de mim. Nunca me senti tão completo igual me sinto hoje. Eu aprendi muita coisa ao longo desses últimos tempos. Acredite, eu também mudei muita coisa em mim. Aprendi a ser mais paciente, mais responsável, mais forte e a ser uma pessoa melhor.
Os primeiros meses podem não ter sido um mar de rosas, mas foram bons sim e foi a partir deles que começamos a construir nossa personalidade atual, nossa cumplicidade e nossa intimidade. Um amor só pode dar certo quando as duas partes se doam em prol da outra. Eu só sou feliz hoje porque você me faz assim...
É bom ter com quem contar, com quem rir, com quem chorar, desabafar. É bom ter companhia para fazer tudo que eu gosto e mais ainda, me ensinar a gostar de coisas novas...
Saiba que esta está sendo a melhor época da minha vida até agora e que eu espero que fique melhor ainda. Se já era bom antes e está melhor agora, o depois só depende de nós. Vou estar com você sempre.
Obrigado por ser minha outra metade. Quero construir o resto da minha vida do seu lado. Obrigado por ser minha melhor amiga e por ser a melhor companheira que eu poderia ter.
Te amo muito minha linda. Te amo muito Niara.